sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Café da manhã na UFPI de Parnaíba marca Dia Nacional de Paralisações


Paralisação na UFPI foto 01
Na manhã desta sexta-feira (30/08) às 8h em frente a Universidade Federal do Piauí – Campus de Parnaíba-PI foi realizado o Dia Nacional de Paralisações, que no litoral piauiense a organização foi feita pela ADUFPI, SINTUFPI, SINTE, SINTEPI, D.A 3 de Março e estudantes organizados.
Paralisação na UFPI foto 02
Professores e técnicos administrativos da Universidade Federal do Piauí (UFPI), do Instituto Federal do Piauí (IFPI), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), além da rede Municipal e Estadual apoiaram a paralisação. Diversas categorias profissionais, que têm data-base no segundo semestre deste ano, estão deflagrando suas campanhas salariais estimuladas pela unidade das Centrais Sindicais e pelo alto grau de mobilização alcançado no Dia Nacional de Lutas.
Paralisação na UFPI foto 03
“Aproveitando o momento das lutas desencadeada pela juventude no mês do junho, a gente viu a necessidade de organizar a classe trabalhadora para aproveitar esse novo momento político no país. Tendo em vista isso, as Centrais Sindicais a nível nacional encaminharam dois dias de paralisação, onde o primeiro foi no dia 11 de julho e o segundo está sendo agora no dia 30 de agosto. Então os sindicatos aqui de Parnaíba, principalmente da educação, estamos reivindicando mais investimentos na saúde, educação e serviços públicos de qualidade”, disse Jáder Barrozo de Carvalho, um dos organizadores da paralisação e técnico administrativo do Campus da UFPI em Parnaíba.
Paralisação na UFPI foto 05
Já com relação as reivindicações para o Campus parnaibano da Universidade Federal do Piauí, o manifesto é por mais qualidade nas condições de trabalho.
“Atualmente nós estamos vivenciando uma campanha dentro do Campus de Parnaíba que é o 'SOS UFPI Parnaíba', que além dos serviços públicos a universidade também está sucateada. Para se ter uma ideia, hoje há 54 dias que os trabalhadores terceirizados da UFPI Parnaíba não recebem salários. Então o Campus está parado, as salas estão sujas, o Restaurante Universitário não está funcionando, os vigilantes estão trabalhando sem coletes e sem equipamentos adequados, em fim está um caus aqui a nossa realidade”, finalizou Jáder.
Paralisação na UFPI foto 04
A programação se iniciou às 8h com concentração em frente a UFPI de Parnaíba onde foi servido um café da manhã. Em seguida às 9h foi realizada a Assembleia Unificada.
Por Kairo Amaral portal F5

Nenhum comentário :