terça-feira, 29 de abril de 2014

SAMU irá inaugurar cinco novas bases no Piauí


SAMU01
No primeiro trimestre de 2014, duas novas bases do Samu foram inauguradas no Piauí, as cidades que receberam uma sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram Antônio Almeida e Rio Grande, com isso, as cidades ganham mais agilidade no atendimento à população, já que antes elas dependiam do atendimento da base das cidades vizinhas.
Além dessas bases, outras cinco estão em fase de implantação no estado, as próximas cidades a serem contempladas são Cajazeiras, União, Barro Duro, Monsenhor Gil e Demerval Lobão. Segundo a coordenadora do Samu, Cristiane Leal, o processo de aprovação já tramita no Ministério da Saúde.
A coordenadora ainda ressalta que a divisão das bases entre avançadas e básicas dependem da demanda de cada cidade. “Nós ainda vamos avaliar as ocorrências de cada município para saber se elas necessitam de uma base mais simples ou de uma mais avançada, o mais importante é que com a aquisição dessas novas bases os atendimentos serão otimizados, garantindo mais rapidez no atendimento e encaminhamento aos hospitais”, explica.
SAMU02
Samu Aéreo
Criado em junho de 2013, o serviço vem permitindo que casos graves registrados no interior e que exigem deslocamento para Teresina sejam atendidos rapidamente. Os dados mostram a eficácia do serviço: de junho de 2013 a fevereiro deste ano, foram registrados 70 atendimentos, onde 98,6% dos atendimentos realizados resultaram no salvamento dos pacientes. Cristiane Leal afirma que o serviço manteve a eficácia até então, auxiliando no translado de pacientes em estado grave para a capital.
Os custos para manter a aeronave são garantidos pelo Governo do Estado. O avião, tipo Seneca, é equipado com desfibrilador automático, oxímetro de pulso, ked para imobilização da coluna cervical, talas de imobilização, colares cervicais, pranchas com imobilizadores laterais, além de cardioversor, ventilador mecânico com monitor cardíaco, bomba de infusão, Sonar (para detecção dos batimentos cardio fetais) e incubadora de transporte.
O Samu Aéreo conta com duas aeronaves, além de uma ambulância de suporte básico, que faz o apoio em terra, para receber os pacientes que virão através do transporte aéreo.
Por Alline Vasconcelos / Ccom

Nenhum comentário :