quarta-feira, 23 de março de 2016

Estudante são assaltadas na porta da Uespi em Parnaíba


Duas estudantes, identificadas como Mariane de Sales e Vera Silva, do curso de História da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Parnaíba, no litoral do Piauí, procuram nossa reportagem para denunciar que foram assaltadas na porta da instituição. Universitários relatam ainda que a problemática da segurança também ocorre no interior da universidade.

Mariane de Sales conta como tudo aconteceu. “Eu ia saindo com uma miga e a gente foi assaltada na entrada, ou melhor, na esquina da universidade. Segundo ela, ações dessa natureza já foram registradas dentro do campus. “A primeira vez que a gente foi assaltada foi dentro do próprio campus, por volta de umas 11h40. E não foi a primeira vez. Não vai ser a primeira e nem a última. A insegurança é interna e externa também”, acrescentou.

Rosineide Candeia, diretora da UESPI de Parnaíba, reconhece o problema e diz que já solicitou o envio de mais vigilantes armados para reforçar a segurança interna da instituição, já que atualmente somente um profissional realiza este trabalho. “Fizemos a solicitação a reitoria, porque o campus não é grande, mas também não está tão pequeno. Diante da violência que vivemos no dia a dia, precisamos de mais reforço”, destacou.

Um das principais ruas que dá acesso à Universidade, como mostra as imagens, encontra-se às escuras. A maioria dos estudantes utilizando o transporte coletivo, descem em uma avenida e seguem caminhando por becos e ruas sem iluminação.

“Só existem duas vans que passam pelo local. Detalhe: passam em horário diferentes dos nosso e fica cada vez mais difícil chegar na universidade”, afirmou Vera Silva.

Néris Júnior, secretário de Trânsito e Articulação, diz que estará, em curto prazo, modificando a rota de três veículos e a Uespi passará a contar com cinco vans, ao invés de somente duas. “A gente pode estipular um prazo para sentar e conversar e daí nós teremos cinco veículos, que nós temos atendendo a Uespi, sendo dois pela parte da frente pela Nossa Senhora de Fátima e três no entorno”, disse.

“Nós ficamos olhando para eles passarem. Aqui o negócio tá sério”, disse. uma das moradoras. Em nota, o comando do 2ª BPM de Parnaíba informou que realiza diligências pela região.
Com informações do Portal Meio Norte

Nenhum comentário :