terça-feira, 12 de abril de 2016

Bairro Frei Higino. Onde está o poder público?


Tribuna de Parnaíba.com inicia hoje a série, “Tribuna nos bairros”, onde buscaremos fazer um raio x da situação dos moradores dos 34 bairros da cidade de Parnaíba.


Começamos com o Bairro Frei Higino. Com uma população de 13.691 habitantes, o Bairro fazia parte do Bairro Piauí. Boa parte do Bairro não tem ruas calçadas, nem saneamento básico. Apesar de contar com dois postos de saúde em sua proximidade (UBS ITAUNA MOD. 10 e UBS SÃO SEBASTIÃO MOD. 11) os moradores convivem com um surto de catapora e dengue. O Bairro também conta com uma escola municipal a Escola Municipal Irmã Dedi Assunção.


Infraestrutura

Mesmo tendo algumas ruas contempladas com o programa “calçamento todo dia” da Prefeitura Municipal de Parnaíba, ainda há muitas residências em que os moradores são obrigados a conviver com verdadeiros lamaçais causados pela ação da chuva em ruas de areia. A coleta de lixo em algumas áreas também é inexistente, causando assim mal cheiro e acumulo de lixo (orgânico) no meio das vias.


Segurança

A segurança é um outro ponto preocupante dos moradores do Frei Higino, mesmo com uma relativa tranquilidade, a maioria das ruas do Bairro não conta com o serviço de iluminação pública (apesar de haver cobrança do serviço nas contas de energia elétrica). Moradores denunciam que, devido à dificuldade de locomoção de carros em meio à areia e buracos é raro a presença de uma viatura policial em ronda no período noturno. O próprio prédio do Instituto Médico Legal está localizado em uma rua de areia e sem iluminação pública.

Sede do Instituto Médico Legal, rua sem calçamento nem iluminação pública


Transporte Público

Não há linha de transporte público no Bairro, obrigando assim moradores a usar o serviço de moto-taxi ou se dirigir até a Avenida São Sebastião ou Avenida Dr. João Silva Filho para pegar uma van com destino ao centro da cidade.


Saúde

Mesmo com dois postos de saúde em sua proximidade o Bairro carece dos serviços básicos como saneamento e visita dos agentes de saúde. “Moro aqui há mais de 20 anos, nunca veio um agente de saúde na minha casa, nem sei se tem agentes nesse bairro” relatou uma moradora. Devido ao período chuvoso, o Bairro enfrenta surtos de dengue e virose, em alguns pontos também há queixas sobre moradores com catapora, principalmente crianças.

Conclusão

O que a reportagem pôde constatar é que há um abandono do poder público no Bairro Frei Higino, em alguns pontos o programa “calçamento todo dia” simplesmente para e continua em outros pontos do Bairro, deixando inexplicavelmente ruas sem terminar de calçar. Não há praças ou projetos para criação de espaços públicos (apesar de haver bastante espaço disponível), os moradores estão sujeitos a endemias e doenças mais graves devido à grandes quantidades de lixo nas ruas.


Por Bruno Santana / Edição Tribuna de Parnaíba

Nenhum comentário :