sábado, 16 de abril de 2016

COTIDIANO PI Voluntários fazem soltura de 115 filhotes de tartarugas-de-pente no PI

Tartarugas foram soltas por voluntários e ação acompanhada pela comunidade (Foto: Projeto Biomade/Divulgação)Espécie é uma das ameaçadas de extinção (Foto: Projeto Biomade/Divulgação)








   O projeto Biodiversidade Marinha do Delta (Biomade), realizado pelo Instituto Tartarugas do Delta, acompanhou de perto neste sábado (16) o nascimento e soltura de 115 filhotes de tartarugas-de-pente na Praia do Coqueiro, em Luís Correia, Litoral do Piauí. A espécie é uma das ameaçadas de extinção.
Ação aconteceu neste sábado na Praia do Coqueiro, em Luís Correia.

Mais de 40 ninhos dessa espécie são monitorados no litoral piauiense.

Voluntários do Projeto Biomade fazem temporariamente o monitoramento de ninhos de tartarugas marinhas pelo Litoral do Piauí. Todo o trabalho deste sábado foi acompanhado pela comunidade.

Após confeccionados, os ninhos passam um período de 50 a 70 dias em processo de desenvolvimento embrionário, ou seja, período de incubação. O monitoramento é fundamental para impedir que fatores causados pela ação humana possam comprometer o nascimento dos filhotes, como a circulação de veículos motorizados nas praias, por exemplo.

Na semana passada, foi feita a soltura de quase 180 filhotes da mesma espécie na Praia do Arrombado, também em Luís Correia. No total, mais de 40 ninhos são monitorados pelo litoral piauiense.

Nenhum comentário :