sexta-feira, 13 de maio de 2016

Acusados de associação criminosa já foram liberados do xadrez.


Dois rapazes dos três que foram presos nesta tarde de quinta-feira(12) em uma residência tida como boca de fumo no bairro Piauí, foram liberados agora pouco da carceragem da central de flagrantes após pagarem uma pequena fiança estabelecida pelo delegado Igor Gadelha.

Valdenir Martins da Silva pagou R$ 440 reais e foi liberado para ir para casa. Já Carlos Geilson Pinheiro de Sousa, desembolsou um pouco mais e pagou R$ 880 reais, ambos foram autuados por associação criminosa, e permanecerão em liberdade. 

O advogado Boanerges Neto, defendeu a tese de que seus clientes estavam no local e na hora errada durante a batida policial, por isso, não tinham participação e envolvimento no flagrante das drogas e nos objetos apreendidos, tão pouco em relação com a moto roubada. 

O dono da casa, Kennedy Nazário, foi o único que ficou preso. Dezenas de vítimas lotaram a central de flagrantes no sentido de reaver seus pertences tomados em assaltos pelas vias de Parnaíba.

Fonte: Portal do CATITA

Nenhum comentário :