quinta-feira, 9 de junho de 2016

Família pede justiça em caso de homicídio ainda sem definição


Alessandro Pereira dos Santos 
Aos 15 dias de novembro de 2015 Alessandro Pereira dos Santos 34 anos, foi atingido no pescoço por uma bala, bala essa que o levou a óbito no dia 07 de dezembro de 2015. Segundo as primeiras informações sobre o caso dois homens em uma moto teriam efetuado o disparo no mesmo sem motivo aparente (informações repassadas pelo dono do bar e sua esposa), o que não se confirmou posteriormente. 

Logo após o ocorrido Alessandro foi levado ao HEDA e de imediato foi transferido para o HUT em Teresina devido a um traumatismo raquimedular-cervical por projétil de arma de fogo onde foi submetido a uma cirurgia de emergência para retirada do projétil, mas o mesmo não pôde ser retirado devido a sua complexa localização, entre a 4° e a 5° vértebra. 
Após 5 dias internado no HUT, Alessandro recebeu alta e retornou pra sua residência no bairro Cal, Ilha Grande. Como consequência do disparo o jovem ficou paraplégico. Mesmo em meio a tanto sofrimento a família não se conformou com as” meias” verdades ditas e com o passar o tempo a verdade foi aparecendo e já se sabe que não existiu dois homens em uma moto, existe uma culpada ,uma responsável( irresponsável ),onde a mesma segundo a polícia assumiu a culpa. 
E já se passaram 6 meses que uma filha perdeu a chance de crescer com o pai, que uma família deixou de estar completa e que amigos perderam as brincadeiras e risadas. Não fomos nós os causadores, mas só nós perdemos, a única coisa que ganhamos foi uma dor que não tem tamanho. Estamos insatisfeitos e revoltados, queremos uma resposta, queremos justiça, ele nos pedia pra não ficarmos calados caso ele viesse a falecer e não ficaremos, se já se sabe quem efetuou o disparo, onde ela mora, por que não prendê-la? Estão esperando ela matar outro pai, outro filho, outro neto, outro primo, outro irmão, outro sobrinho, outro amigo? 

QUEREMOS UMA RESPOSTA, QUEREMOS JUSTIÇA!


Reveja a matéria do caso publicada aqui no Blog do Pessoa:

Homem é alvejado por arma de fogo, tiro teria sido acidental

Um homem identificado por Alessandro Ferreira dos Santos 34 anos foi vítima de disparo por arma de fogo na tarde deste domingo (15/11) quando estava na companhia de mais três homens não identificados no "Bar Aquários" localizado as margens da PI 116 e próximo a escola Maria de Lurdes Pinheiro Machado no Labino zona rural de Parnaíba (PI).

Ele foi baleado no lado esquerdo do pescoço e o tiro teria sido acidental, quando a vítima e seus conhecidos bebiam e mexiam em uma arma carregada e de modelo não revelado. O SAMU foi para o local socorrer o homem que estava aparentemente bem.


A Polícia Militar também foi comunicada sobre o ocorrido e enviou policiais da moto patrulhamento para averiguar a ocorrência, porém, os suspeitos haviam fugido deixando a vítima que foi socorrida por populares e em seguido pelo SAMU que levou o mesmo para atendimento no hospital estadual Dirceu Arcoverde.

Nenhum comentário :