terça-feira, 16 de agosto de 2016

Elemento chora para não ser preso; após roubo de celular


No fim da tarde desta segunda feira (15/08) o elemento identificado por Sandro Márcio de 23 anos foi preso pela Polícia Militar acusado de roubar um celular “moto G 3ª geração” do seu vizinho. “Ele entrou na minha casa com a desculpa de que estava levando um garrafão de água, sendo que não tínhamos pedido e nesse momento ele levou o celular”. Explicou a vítima a polícia.
Sandro chorava para não ir preso, mas é conhecido da polícia por roubos e assaltos, inclusive estava na condicional e deve voltar a cumprir pena. Desta vez o caso ocorreu no Bairro Pindorama próximo a Guanabara. Quando a polícia o encontrou ele já havia vendido o roubo para outra pessoa.

A terceira pessoa envolvida disse que não sabia se o celular era roubado e se comprometeu a devolver o aparelho que já tinha vendido para uma terceira pessoa. Na Central de Flagrantes da Polícia Civil a vítima aguardava a devolução por parte do comprador que mora no residencial João Paulo II, conhecido também por “Carandiru”.
Por: /Blog do Pessoa

Nenhum comentário :