terça-feira, 11 de outubro de 2016

PRF apreende mais de R$ 1 milhão com homicida na BR 343 no litoral do PI


A apreensão ocorreu no Posto da PRF na BR 343 na divisa dos municípios de Buriti dos Lopes e Parnaíba.

Na manhã desta terça-feira, dia 11, a Polícia Rodoviária Federal realizou a apreensão de mais de R$ 1 milhão que estava no fundo falso de um veículo em Parnaíba, no litoral do Piauí. De acordo com informações da PRF, a apreensão ocorreu no Posto da PRF na BR 343 na divisa dos municípios de Buriti dos Lopes e Parnaíba.


"Essa ocorrência ocorreu por volta de 11h30 de hoje. O veículo abordado, um Fiat Strada, de placa OYM-1426, era conduzido por um homem de 28 anos de idade. Esse homem possui passagem por homicídio e por roubo, segundo ele mesmo informou e segundo consulta feita no nosso sistema", afirmou o inspetor Fabrício Loiola, responsável pelo Núcleo de Comunicação da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Piauí.


De acordo com o inspetor, os policiais fizeram vistoria no carro e acabaram encontrando o dinheiro escondido no fundo falso. "Quando a equipe foi fazer vistoria no veículo, encontrou fundo falso na carroceria da Strada, como podemos ver na foto. Encontraram também vários pacotes de dinheiro, sendo que a contagem já ultrapassa R$ 1 milhão", acrescentou.


O acusado, que não teve o nome divulgado, deu sua versão para polícia, como explica Fabrício. "Ele disse que conheceu um cara bem vestido de aproximadamente 35 anos na praia em Fortaleza, no Ceará, que ofereceu R$ 3.500 para ele vir deixar esse carro em Santa Inês, no estado do Maranhão. Então, ele teria saído hoje de manhã de Fortaleza para se deslocar até Santa Inês. A gente está encaminhando o material para Polícia Federal em Parnaíba", explicou.



Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)
Fonte: Portal Meio NorteUm homem de 28 anos foi detido e mais de R$ 1 milhão em cédulas foram apreendidos no fundo falso de um veículo na manhã de hoje (11), na BR-343, em Parnaíba, no litoral do Piauí. Segundo o agente da Polícia Rodoviária Federa (PRF), Italo Silva, a polícia ainda não sabe qual seria a origem do dinheiro.  
O policial explicou que o homem apresentou comportamento

Nenhum comentário :