sábado, 14 de janeiro de 2017

Caça aos criminosos continua em andamento no litoral



 Um suspeito com drogas ligado ao grupo foi preso nesta tarde de hoje em Parnaíba; duas mulheres e outro suspeito foram detidos quando tentavam tirar o restante das coisas na casa alugada pela quadrilha no Coqueiro. A policia estava de campana. 
 O núcleo de inteligência da policia civil interceptou uma mensagem destinada para Francisco Carlos Mesquita Neto, o Carlinhos, preso na tarde de ontem(12) no bairro Piauí em cia de mais 06 pessoas acusadas do estouro a caixas eletrônicos nas cidades de Parnaíba e Luis Correia, respectivamente. 

A mensagem era procedente da pessoa de Lucas de Macedo Peres, o Luquinhas, informando que estava esperando por ele(Carlinhos) na rodoviária de Parnaíba. 

Por volta das 13hs de hoje, após um trabalho minucioso de investigação, uma equipe da policia civil conseguiu pegar Luquinhas na rodoviária de Parnaíba, o qual delatou que tinha trazido de Teresina drogas para Carlinhos, informando o local. 

Os policiais se deslocaram para uma casa localizada próximo ao hospital Dirceu Arcoverde, situada de esquina com a rua Carlos Carvalho com a projetada 35, nº 940, ap.01, bairro Rodoviária. 

O imóvel passou por uma busca e nele encontrado uma grande quantidade de drogas como maconha, crack e cocaína, além de duas balanças de precisão, uma moto vermelha modelo Fan 125cc, com placa PIB-4607, um celular samsung branco e outros apetrechos característicos do tráfico de drogas. 

Os policiais ainda encontraram uma chave de um veículo modelo Cobalt, que estava estacionado há cerca de dois dias próximo ao posto de combustível da rotatória do aeroporto de Parnaíba. 
 Segundo a policia, o veículo seria usado para ações delituosas da quadrilha. 
 Material apreendido em posse de Luquinhas, procedente de Teresina

Em instantes a matéria das prisões em Luis Correia, 

Nenhum comentário :