sexta-feira, 10 de março de 2017

Desentendimento e bebedeira deixa saldo de três esfaqueados e um preso


Uma guarnição da Polícia Militar prendeu no final da manhã desta quarta-feira (08/03), o jovem Marcio Francisco, conhecido popularmente como "Marcelo", de 20 anos, acusado de lesionar a golpes de facão e deixar gravemente ferido o seu "amigo" identificado como Antônio Kelly da Cunha Marques, alcunha "Antônio Grandão", de 25 anos. O fato aconteceu na casa de Marcelo, localizada no povoado João Mendes, zona rural de Cocal, município situado na região Norte do Estado do Piauí.


Na foto: Marcio Francisco, conhecido popularmente como "Marcelo"
Os envolvidos na confusão estavam sob efeito de bebida alcoólica. As agressões tiveram inicio após Antônio Grandão tecer comentários sobre a esposa de Marcelo, que, não gostou do que ouviu e passou a agredir o seu colega a facãozadas, deixando-o bastante lesionado por todo o corpo, decepando, inclusive, o dedo polegar da mão direita da vitima. 

Na foto: Antônio Kelly da Cunha Marques, alcunha "Antônio Grandão"
A vitima foi conduzida para o HEDA (Hospital Estadual Dirceu Arcoverde) em Parnaíba. Enquanto Marcelo foi preso horas depois e autuado em flagrante delito por lesão corporal grave e encontra-se recolhido na Delegacia de Polícia Civil de Cocal a disposição da justiça. 

Antônio Grandão de vitima passou para a qualidade de réu após a Polícia Civil tomar conhecimento que no dia anterior a sua briga com Marcelo, ele havia esfaqueado e deixando gravemente ferido o casal Antônio Wilson dos Santos Sousa, de 20 anos, e sua esposa, a senhora Gardênia Pereira da Silva, de 37 anos. 

Na foto: Antônio Kelly da Cunha Marques, alcunha "Antônio Grandão"
Um agente Civil foi informado pelas vitimas (casal) que era por volta das 20h30min de terça-feira (07/03), quando Antônio Grandão as esfaqueou de forma perversa (a traição), no momento em que estavam em um Bar no localidade Boíba, zona rural de Cocal. Antonio Grandão alega que cortou o casal se vingando porquê há cerca de um ano Antônio Wilson lhe esfaqueou.


A senhora Gardênia teve um dedo da mão amputado na investida de Antônio Grandão. Ela esteve internada no HEDA em Parnaíba, mas recebeu alta. Na mesma unidade de saúde permanecem internados o seu esposo e o agressor, respectivamente.

Fonte: Blog do Coveiro

Nenhum comentário :