quarta-feira, 1 de março de 2017

Turistas sofrem devido a falta de duplicação e de acostamento na BR 343, no litoral


Os turistas que se deslocam de Teresina para o litoral do Piauí sofrem o maior constrangimento ao longo do trajeto, devido a falta de acostamento na grande maioria do trecho, pista estreita, falta de duplicação na saída da Capital e entre Parnaíba e Luís Correia. A “fila indiana” é a única saída para os motoristas.
Para o desembargador Luiz Gonzaga Brandão, a situação é vergonhosa. “Teresina é a única capital sem acesso duplo. O que está faltando mesmo?”, pergunta o magistrado.
As obras de duplicação das entradas e saída de Teresina estão paralisadas. Já a duplicação do trecho entre Parnaíba e Luís Correia nunca nem foi cogitado pelos gestores federais, estaduais e municipais. Muito menos pela bancada federal do Piauí.
A situação se agrava a cada ano com o aumento da frota que, nos feriados, segue em direção as praias do Estado. A Polícia Rodoviária Federal registrou nesta sexta-feira (24) um fluxo estimado de mil veículos por hora em direção ao litoral.
Devido a falta de duplicação e até mesmo de acostamento em grande parte do percurso, policiais rodoviários orientam e pedem calma aos condutores, para evitar acidentes.  - Walcy Vieira.

Nenhum comentário :