terça-feira, 11 de julho de 2017

HughesNet em parnaiba

HughesNet é líder mundial em banda larga via satélite. 
A internet ideal para residências e pequenas e médias empresas.
contrate agora: (86)33227947 (86)995242126-whats
(86)988307919-whats, falar com Larissa.

A Hghes éuma empresa de internet via satélite com atuação principalmente nos EUA nos serviços para o consumidor, além de já existir no Brasil desde 1968, mas fornecendo mais serviços e produtos para empresas e governos. Agora eles estão expandindo a área de atuação por aqui com a chegada da HughesNet em parnaiba, o serviço de banda larga via satélite que começa a operar  e promete cobertura no país inteiro até 2020.
Mas não se empolgue, caro leitor morador dos grandes centros urbanos, porque a HughesNet definitivamente não vai substituir a sua internet fixa oferecida pelas operadoras convencionais. O serviço, apesar de funcionar também em parnaiba e regiao, por exemplo, é voltado especialmente para regiões do Brasil com infraestrutura de rede precária, sendo assim uma opção para regiões rurais ou simplesmente lugares afastados em que as operadoras não fornecem um serviço de qualidade de internet fixa. 

O que é a HughesNet?

A HughesNet é um serviço de internet via satélite de Banda Ka, que usa um satélite geoestacionário para fornecer a conexão, o que obviamente exige a instalação de uma antena especial (a da imagem que abre o post).
parnaiba é o segunda cidade do  país a receber o serviço para o consumidor final. Nos EUA, a HughesNet tem 1,3 milhão de assinantes, 
Para quem?
Bem, como dissemos antes, não vai ser uma opção para quem está insatisfeito com o serviço de banda larga e mora em grandes centros urbanos, e a ideia é levar internet com mais velocidade para lugares em que é mais difícil encontrar boas opções a preços aceitáveis.
Claro, você poderá contratar a HughesNet mesmo morando em parnaiba, mas não parece ser uma ideia muito boa considerando o preço e a concorrência de serviços na região nordeste.
A tabela abaixo tem os planos oferecidos para os consumidores residenciais:

Nenhum comentário :