quinta-feira, 19 de abril de 2018

Marido tenta roubar banco para ficar longe da mulher e acaba sendo condenado a prisão domiciliar

 

Um homem de 51 anos que tentou roubar um banco, para poder ser preso e assim ficar longe de sua mulher, porem acabou sendo condenado à prisão domiciliar pelo STF. Por mais irônico que possa parecer, era justamente o que ele não queria

Marcos Antonio Silvado confessou ter tentando assaltar o banco, em Ananindeua Município no Pará, porque poderia ser condenado a até 20 anos de cadeia.  Era justamente o que ele queria, ser preso para ficar longe da mulher que não lhe deixava viver em paz.

Marcos Antonio Silvado confessou que não aguentava mais ser controlado pela mulher: "Ela é muito chata, não  deixava eu beber minha cerveja e nem ir no bar próximo de casa para assistir os jogos do Flamengo com meus amigos, então vi que poderia ser condenado a até 20 anos de prisão e assim poderia ter paz na cadeia longe dessa mulher" afirmou Marcos

No entanto, o Defensor Público que representava Marcos, entrou com pedido de prisão domiciliar no Superior Tribunal Federal (STF) afirmando que o homem estava com depressão por conta que seu time estava perdendo todos os campeonatos na época do crime.

Por isso, A 4 TURMA DO STF o condenou, na última terça-feira, a seis meses de prisão domiciliar.

Antes do roubo, Marcos tinha uma vida tranquila, sem antecedentes criminais. Ele é padrasto de quatro enteados e tinha um relacionamento estável com a mulher. Marcos afirma que desde o assalto, passou a fazer tratamento contra a depressão e se sente bem novamente.

Nenhum comentário :