segunda-feira, 2 de julho de 2018

Pescadores da Pedra do Sal se reúnem para discutir a pesca do Camurupim





 
Uma equipe do Projeto Rotas da Conservação se reuniu com pescadores no dia 11 de junho na comunidade da praia da Pedra do Sal, na escola Dr. João Silva Filho em Parnaíba- PI, para conversar sobre a Portaria MMA 445/2014.
 
A reunião foi solicitada pelos pescadores para compreensão da Portaria que apresenta a “Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção - Peixes e Invertebrados Aquáticos" e entender o futuro da atividade pesqueira, pois se sentem prejudicados com o documento que indica o camurupim como espécie ameaçada, na categoria “Vulnerável (VU)”.
 
Como proposta de trabalho os gestores da Área de Proteção Ambiental (APA) Daniel Castro e Patrícia Claro explicaram que a queda da produção pesqueira extrativa é um fato global, e não local. Durante a apresentação, informaram que a Portaria é uma ferramenta para a recuperação de estoques pesqueiros, trazendo benefício sócio econômico e ambiental. Além disso, as normas estabelecidas permite o Uso Sustentável das espécies Vulneráveis, mediante apresentação do plano de manejo.
 
“Então não estamos falando de proibição da pesca, e sim, ampliar informações sobre a espécie e discutir de forma participativa um plano de manejo para o camurupim”, afirmou Daniel Castro, gestor da APA.
 
Ficou definido que serão organizadas oficinas (Professores, alunos, pescadores, Equipe do Projeto Rotas e APA/ICMbio), para viabilizar o diálogo entre o conhecimento científico sistematizado e o conhecimento ecológico local para ampliar informações sobre o ciclo de vida do camurupim, e com isso, iniciar um processo de construção do plano de manejo para a espécie.
 






Assessoria de Imprensa ITD

Nenhum comentário :