segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Correia Lima pode tentar anular julgamento hoje em Parnaíba

Uma das estratégias da defesa do ex-coronel Correia Lima é, em caso de sua condenação, o que é sobretudo provável, pedir a anulação do julgamento que ocorrerá nessa segunda-feira, em Parnaíba, no crime cometido contra o policial civil Evandro Safanelli, em 1989. Vai-se alegar falta de ética do advogado Wendel Oliveira (foto abaixo) que, em entrevista no meio da semana a veículos de Teresina, chegou a admitir que Correia Lima não se regenera.

Com base no teor dos vídeos das conversas de Correia Lima com um colega de cela, o advogado Wendel chegou a dizer que não mais iria defender o ex-coronel porque ele não da sinais de que se regenera para a sociedade.
Nos vídeos Correia Lima fala que determinou que um de seus comparsas, o soldado Moreira, asassine o secretário de Segurança Pública Robert Rios e o jornalista Arimateia Azevedo.
Para os defensores de Correia Lima Wendel não poderia ter emitido tal opinião e continuado fazendo a sua defesa.
Essa será a alegação para pedir a anulação do julgamento.
Também não está descartada a destituição do advogado na hora do júri, por Correia Lima. Para ganhar mais tempo e evitar o julgamento previsto, transferindo-o para nova data, basta o réu informar ao presidente do Juri que Wendel não é mais seu advogado.
Portal AZ.

Nenhum comentário :