quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Após atacar com faca, homem é morto a tiros por policiais civis em Luzilândia


Homem teria atacado policiais com faca; inquérito será aberto para apurar legítima defesa.

Um homem identificado como Francisco Lima Martins, 51 anos, foi morto a tiros nesta quarta-feira (27) por policiais civis do município de Luzilândia, distante 240 km de Teresina. O caso ocorreu em uma casa situada próximo da rodovia PI 112, e a vítima teria sido atingida por quase dez tiros - um deles chegou a dilacerar os dedos de uma de suas mãos.
Segundo a Polícia Militar, Francisco Martins sofria de um transtorno mental e, algum tempo atrás, teria tentado esfaquear um PM da cidade.
O delegado Maikon Kaestner, titular da Delegacia de Luzilândia, afirma que os três policiais civis envolvidos no homicídio agiram de forma "progressiva" e em legítima defesa, pois teriam sido atacados pela vítima, que estava armada com uma faca. "Os policiais foram até este local onde o fato ocorreu para procurar outra faca, que teria sido usada no homicídio de um guarda municipal, ocorrido dias atrás. Os agentes não sabiam nem que este senhor estava lá, e, no momento em que procuravam a arma branca, foram surpreendidos por ele, que estava com uma faca em mãos e investiu contra um dos policiais, chegando a cortar o seu dedo", relata o delegado.
De acordo com Maikon Kaestner, uma testemunha presenciou todo o confronto, e confirma que os policiais agiram em legítima defesa. "Primeiro, eles atiraram para o alto. Depois, na perna e na mão do agressor. Ainda assim, ele continuou partindo com a faca em direção aos policiais, que foram obrigados a disparar mais vezes", afirma.
O delegado esclarece, ainda, que os policiais já foram afastados temporariamente de seus postos, conforme prevê a legislação em casos como este, e agora a Delegacia Geral determinará a abertura de um inquérito para apurar a legítima defesa, verificando se os policiais civis agiram com razoabilidade e proporcionalidade. O titular do Distrito de Luzilândia acrescenta que o inquérito será comandado por outro delegado, de maneira a garantir a total imparcialidade das investigações.
Maikon Kaestner acrescenta que no local do homicídio também foi encontrada uma motocicleta com placa fria, que estaria em poder da vítima. Segundo a PM, Francisco Martins era suspeito de realizar a receptação de produtos roubados.

Deixe um comentário

Nenhum comentário :