domingo, 18 de setembro de 2016

Florentino Neto e Mão Santa polarizam na REJEIÇÃO do eleitorado parnaibano


Os dois ‘caciques’ políticos que possuem maior poder aquisitivo não conseguem conquistar o eleitorado parnaibano e o pior, possuem a maior rejeição da história política da cidade. Florentino possui 4 anos de prefeito, mas antes disso foi tudo dentro da Prefeitura e braço direito do ex-prefeito Zé Hamilton, porém não aprendeu. 

Não muito diferente, Mão Santa com seus 77 anos de idade já foi tudo na política, só faltou ser presidente e vereador. O médico ainda tem o status em seu currículo, como único governador do Brasil cassado por corrupção, seus militantes alegam que isso não mancha sua reputação, a população pensa diferente.

Nas ruas, tanto Mão Santa como Florentino são rejeitados de forma cruel. Segundo o que se houve, são dois grupos políticos carimbados e que não conseguiram agradar o eleitorado durante suas administrações. 

Mão Santa e o PT
Mão Santa já votou no PT, afinal ele lançou Wellington Dias (PT) para governador e fortaleceu o partido da estrela vermelha no estado. Ou seja, tudo farinha do mesmo saco. Florentino apesar de não ser um petista nato, não consegue afastar o modelo administrador que acabou com a economia do pais e está acabando com a cidade.

Florentino nas ruas
O candidato do PT, está sendo expulso das comunidades. Isso não aconteceu uma ou duas vezes. Todas as comunidades não aceitam ser abraçadas e cumprimentadas pelo petista. Desta forma a tática do preito é juntar o maior número de correligionários e passar nas ruas asfaltadas acenando aos moradores, sendo escoltados por seguranças para evitar represálias.

Gerivaldo e Tererê
O que se houve muito é no crescimento considerável de Gerivaldo, vereador experiente. Sem estrutura ele consegue abranger o carinho popular consideravelmente. Não se vê ou se fala em rejeição ao seu nome, o que lhe fortalece para a reta final da disputa. Tererê também não possui estrutura, mas por outro lado, ele vem de seguidas derrotas e possui um grande desgastes. 
Por James Oliveira

Nenhum comentário :