sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Forte chuva deixa BR-343 interditada e engarrafamentos duram até 2 horas


 Imprimir
A intensa chuva que cai desde a noite de ontem (9) em Teresina deixou inúmeros estragos e transtornos pela cidade. Embora sem ventania, a chuva durou toda a noite e diversos pontos da capital ficaram alagados. A BR-343 e a Avenida Joaquim Nelson - Dirceu - ficaram interditadas pela água. 
O ponto de alagamento da estrada federal fica na altura do condomínio Mirante do Lago, zona Urbana da capital. No ano passado, neste local, o asfalto se rompeu, também, devido a uma intensa chuva.
PRF
O inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Hélio Cipriano, lembrou o rompimento e destacou que há a possibilidade de nova abertura de uma rachadura na via. 
"Não recomendamos que as pessoas tentem passar pelo local alagado, porque a posta pode romper de novo e causar acidentes", declarou. 
Ele orientou que os condutores busquem desvios pela estrada da Santa Teresa e ainda pelo Alto da Ressurreição. A estrada da Usina Santana, segundo ele, também está interditada.
Em entrevista à TV Cidade Verde, motoristas relataram uma espera superior a 2 horas no local do alagamento.
Bombeiros
O coronel Carlos Frederico, comandante do Corpo de Bombeiros, declarou que não há registros graves, mas foi informado da queda de um poste sobre um veículo no Centro da cidade. Segundo ele, a situação das vias pede mais atenção na condução dos veículos. 
"As pessoas precisam ter atenção redobrada, pedimos que os teresinenses dirijam com tranquilidade, porque há mais risco de acidentes", alertou. 

Uma árvore na Avenida Duque de Caxias caiu e atingiu parte do muro do Parque da Cidade (Foto: Debora Radassi/ TV Cidade Verde)
Defesa civil
Apesar dos transtornos, o coronel Marcos Davi, da Defesa Civil disse que a situação é tranquila quanto a situações de enchente ou desabamento. 
"Temos situações pontuais, como na BR-343, que aconteceu por ausência de uma galeria ali no local, que não foi feita, é um problema de engenharia. Mas até o momento não houve ocorrências em que a  Defesa Civil precisou atuar", informou. 
Além disso, árvores caíram, a água ficou acumulada e veículos atolaram em áreas de forte correnteza e lama. 
Árvore na Duque de Caxias
Por causa da forte chuva, uma árvore caiu na Avenida Duque de Caxias, em frente ao Parque da Cidade, atingindo parte do muro do espaço. Uma equipe da Gerência de Serviços Urbanos (GSU) responsável pela poda de árvores se deslocou até o local, com a finalidade de fazer o recolhimento dos galhos e desobstrução da via. No início da manhã, os motoristas – incluindo os de ônibus – precisaram desviar a rota. 

Maria Romero com informações de Gorete Santos
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário :