sábado, 25 de fevereiro de 2017

Gêmeos do crime' e mais 24 presos fogem da Irmão Guido


 Alan e Alex estavam juntos na mesma cela; um deles já foi recapturado pela Polícia Militar
O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí informou que 26 presos conseguiram fugir na manhã deste sábado (25/06) da Penitenciária Irmão Guido, localizada na zona Sul de Teresina. Entre os presos estão os irmãos Alan e Alex, conhecidos como “Gêmeos do Crime”, considerados de alta periculosidade.
Os presos fugiram por um túnel cavado na cela 16 do Pavilhão C do presídio. Os gêmeos estavam juntos na cela 11 da unidade. Após terem acesso à área externa da unidade, conseguiram fazer um buraco no muro, tendo êxito na fuga.
Segundo a Secretaria de Justiça, Alan já foi recapturado. Outros dois detentos também já foram encontrados pela Polícia Militar, que com a ajuda de agentes realizam buscas na região.
gemeos.png

Ao 180, o presidente do Sinpoljuspi José Roberto questionou a postura da direção do presídio de manter os gêmeos na mesma cela. “Por que não foram isolados?”, diz, lamentando ainda que a secretaria deveria ter tomado providências e que situações como essa são “brincadeira com a cara da sociedade”.
____________________
Leia ainda
- Parnaíba aterrorizada: porque os gêmeos sempre são soltos?___________________________________________
buracos.png
Ele explica que os presos aproveitaram a troca de plantão para fugir. No momento, apenas um policial militar era responsável pela guarda do presídio. “Nesta hora o PM está focado na movimentação da troca de plantão. A culpa é deste PM que está sozinho? Claro que não”, afirma à reportagem. José Roberto lembra ainda que a responsabilidade no manejo destes presos considerados mais perigosos é da Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça (Dipe), ligada ao gabinete do secretário Daniel Oliveira, à quem o presidente do sindicato atribui responsabilidade pela fuga dos detentos.

FONTE: 180GRAUS

Nenhum comentário :